Grande Paixao!

As mantas que a Ana Leonzini produziu até hoje aqui com a gente são belissímas!

Mas a que está em andamento, é absolutamente sensacional!


Tudo começou com o Kaffe Fassett, um americano que atualmente vive em Londres e é conhecido pelo colorido dos seus trabalhos. Ele produz peças em tricô, em patchwork, tecidos, pintura, mosaicos, bordados e afins, tudo muito colorido e de muito bom gosto, um "gosto Kaffe Fassett", pois é incrível como é possível reconhecer seu estilo! Pois é, esta foi a inspiração da Ana, que comprou seu livro "Kaffe Knits Again" e mergulhou neste mundo "onde não se pode ter medo das cores". Ela estava tão eufórica que também presenteou a gente (daqui do Empório) com uma cópia desta mesma publicação. Foi então que coincidência, ou força do destino, ela estava frequentando uma aula aqui, no mesmo dia que estavámos fechando um pedido de fios, e eis que ela perguntou se podíamos conseguir o fio adequado para que ela pudesse confeccionar a manta da capa! Bom, corre daqui, corre dali, conseguimos falar com o fornecedor e conseguimos 19 cores do Donegal Luxury Tweed Aran! A felicidade era tal que ela mal conseguia se conter! Houve o período da espera da entrega, que foi longo, mas para a Ana acho que foi uma eternidade, tal que resolveu começar uma blusa para ela. Neste meio tempo, os fios chegaram, e a ansiedade era tal que ela voltou antes de uma viagem, só para pegar os fios. Ela conta que colocou todas as cores no sofá (ou na mesa, não me recordo ao certo) só para apreciar as cores! Conhecendo a Ana, como a conhecemos agora, posso até imaginar a felicidade estampada em seu rosto.


Bom, aí começou a saga de destrinchar a receita! Começamos riscando o livro a cada carreira consumida, mas o desenho era muito pequeno e isto atrapalhava a leitura da próxima carreira. Mas, vivendo entre tantos artistas, a Ana veio na aula seguinte com o gráfico do esquema ampliado, colado em um papel tipo cartão (especial de desenho de arquitetura), outra tabela das cores, com um pedacinho do fio e o respectivo código da cor. Além disso tudo, com mais 3 sacolas de papel do Santa Luzia (3 novelos em cada sacola), para que eles não embaralhassem, além da sua "malinha" para carregar seus apetrechos de tricô (quem já teve o prazer de fazer aula com a Ana na turma sabe muito bem do que eu estou falando!). Logo depois, conseguimos uma estante para leitura de partitura musical para ela apoiar o desenho do esquema. Acho que foi de grande serventia!

A Ana aprendeu muito bem e rápido a técnica do "jacquard" e a manta começou a crescer. Na aula seguinte percebemos que se a Ana trabalhasse com 2 agulhas circulares facilitaria e diminuiria as chances dos fios se enrolarem. Algumas aulas depois, com a chegada do acessório da Pony (os "peixinhos") para prender os fios, decidimos que era hora de abandonar as sacolas de papelão e seguir somente com a quantidade de fio necessária para o próximo desenho, e foi assim que os peixinhos entraram e as sacolas saíram. Nos últimos dois meses, a Ana teve alguns outros compromissos que impediram da manta crescer mais, mas ontem em sua última aula do ano, ela compensou! e trouxe a manta quase na metade, e só para vocês terem uma pequena idéia, vejam só!

Não está ficando linda? Parabéns Ana!!!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

Rua Gil Eanes, 713 Campo Belo - 04601-042 São Paulo SP Tel: (11) 5531-3086 / (11) 98203-6688 

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon