Amostra, você não tem idéia da importância dela

Basicamente cada pessoa tem uma tensão para tricotar, ou seja, o ponto às vezes é mais apertado ou mais folgado. Isto não é uma vantagem ou desvantagem, apenas é a maneira como cada uma de nós tricotamos. Então na hora de seguir uma receita, para que o resultado final seja adequado, ou seja, o tamanho da peça final seja correto como indicado nas informações da receita, é necessário ajustar o tamanho da agulha. Ninguém gosta de “perder” tempo tricotando a amostra, mas eu prefiro gastar este tempo, a desmanchar uma blusa inteira. A indicação nas receitas, normalmente é de uma amostra de 10cm², então para que possamos medir corretamente, com o fio a ser tricotado e a agulha indicada na receita tricotamos um quadrado de no mínimo 15cm² (eu vejo quanto ptos está indicado na amostra -> 25 ptos = 10 cm2 e então adiciono 10 ptos, ou seja, eu tricoto uma amostra de 35 ptos seguindo o ponto que está indicado na receita!)

Veja na foto que a amostra esta maior do que a régua branca. Isto faz com que não haja distorção na contagem de pontos. Se você contou mais pontos em 10 cm do que a receita indica, seu ponto está menor, então você deve aumentar a agulha. Se você contou menos pontos, seu ponto está maior, então você deve diminuir a agulha. Cuidado, pois algumas réguas são de 5cm, então você deve multiplicar por 2, como a régua preta ao lado.

Você pode simplesmente ignorar a informação da amostra? Sim, mas isto implica que você terá que recalcular a receita inteira, e isto exigirá mais prática por parte da tricoteira. Mas ainda assim, você deverá tricotar a amostra, pois todo o recalculo será feito com base na sua amostra.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

Rua Gil Eanes, 713 Campo Belo - 04601-042 São Paulo SP Tel: (11) 5531-3086 / (11) 98203-6688 

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon